CONCURSO NACIONAL DE LEITURA - FASE DISTRITAL 2016

 

Mais uma vez, a nossa Escola esteve muito bem representada, na Sessão Distrital do Concurso Nacional de Leitura, realizada, este ano, em S. João da Pesqueira, pelos alunos Ana Sofia, António Jorge, Beatriz Alves, do 3.º Ciclo, e Pedro Cruz, Beatriz Sarmento e Márcia Pereira, do Secundário.


 

O Pedro, pela terceira vez consecutiva, foi apurado para as provas orais, tendo tido uma prestação de excelência, arrancando muitos aplausos a um público interessado e entusiasmado. Ficou em segundo lugar, sendo apurado para a Fase Nacional, como suplente. Estão, pois, de Parabéns estes alunos, pela forma como souberam participar neste evento tão importante!


MARATONA DE LEITURAS

 

»» CLICA AQUI PARA VERES IMAGENS DA ATIVIDADE

 

 

CRÓNICA DE UMA MÃO CHEIA DE TRUNFOS E DE UMA GRANDE VITÓRIA

 

Uma vez mais, os representantes da nossa Escola brilharam!

Desta vez, foi nas terras do Dão, que viram nascer os escritores Branquinho da Fonseca e Tomás da Fonseca, em Mortágua.

A Carolina, a Constança e o Diogo, do 3.º Ciclo, e a Beatriz, o Jorge e o Pedro, representantes do Secundário, juntamente com mais de cento e cinquenta outros colegas oriundos de todo o distrito de Viseu, concentraram-se na Biblioteca Municipal de Mortágua e submeteram-se a uma prova escrita sobre as obras estudadas de Sepúlveda, Mário de Carvalho, Andy Mulligan e Mário Zambujal. Todos o fizeram assumindo uma postura de muita responsabilidade e com um espírito de entrega e de compromisso que enchem de orgulho a Biblioteca Escolar, o Agrupamento de Escolas e o concelho de Armamar. Por isso, as expectativas de serem todos qualificados para a prova oral e final desta fase do Concurso eram muito altas.

Foi o Pedro!

Quando subiu ao palco, animado pelos aplausos francos e emocionados dos seus colegas e professores, ia nervoso! Depois dos sorteios obrigatórios, foi o primeiro a ser posto à prova. Mais nervoso ficou! Mais nervosos ficamos! Mas o Pedro, do alto da sua simplicidade, abriu o peito, mostrou a alma, libertou a voz e encheu o auditório! Era ver o deleite, o arroubo hipnotizante de todos os presentes! Como que o Dão indolente da Aguieira, tivesse sido tomado, num repente, por torrentes de Douro preenchendo de seiva todos os recantos!

 

 

O Pedro venceu!

O distrito de Viseu já conhece o miúdo que vai brilhar nos palcos da leitura de Lisboa.

É de Armamar! E da nossa Escola!

 

Parabéns!

 

O professor bibliotecário

César Luís de Carvalho

 

CLICA AQUI para veres:

»» vídeo da prestação do Pedro Cruz

»» vídeo da entrega de prémios

»» fotografias da atividade

 

LIVRO EM DESTAQUE

 

"Não me lembro do dia exacto, nem da hora exacta, mas lembro-me exactamente de como me senti. Despertei. Peguei no telefone e digitei o número que pretendia. A chamada estava estabelecida. Estava prestes a receber notícias que ansiava receber há já alguns dias. Mas nem por um segundo equacionei a hipótese de serem tão negras como aquelas que recebi naquele dia. Cancro. Sim, tinha ouvido bem. Cancro."

 

Blogue da BE

FOTOS AO CUBO

PALAVRAS À PORTA

PÁGINA DO FACEBOOK DA BE

Blogue do Departamento de Línguas

Pesquisar

Em linha

Temos 11 visitantes e sem membros em linha